« Voltar
Mai
24
2016

Geral


Livros

The Art of Learning é uma leitura essencial para qualquer pessoa interessada na excelência. Josh Waitzkin, o autor, crescer a jogar xadrez competitivo, viajando para torneios como Grande Mestre. Na sua juventude resolveu experimentar Tai Chi Chuan para relaxar. Rapidamente, no entanto, Waitzkin já estava a competir ao nivel internacional em Tai Chi Chuan. O livro é sobre como conseguiu chegar ao pináculo de duas disciplinas qe, à superfície, parecem completamente diferentes. Josh Waitzkin partilha o seu maior bem: como aprender.


Quando ouvimos um cantor num palco a cantar, ou um físico a estudar física avançada, um nadador a fazer 100m em menos de 1minuto, o Schumacher ou o Vettel a ganharem um campeonato, e pensamos qe já nasceram com o "bichinho" para aqilo, pensemos outra vez. É disso qe trata, por exemplo, o livro Talent is Overrated , segundo o qual muito desse talento e dessa magia aparente é sempre o resultado de muito trabalho árduo e de muita prática sempre com o intuito de melhorar. Muito recomendado para qualquer pessoa com determinação em atingir os seus objetivos.

Outros livros do mesmo género:

Para comprar livros do estrangeiro a Amazon é uma loja de confiança e sendo do reino unido a entrega é rápida (~<1 semana). Outra hipótese é comprar livros usados do Amazon ou do Ebay tendo em atenção o rating do vendedor.

Para lerem os livros mais rápido (muito mais rápido...) uma técnica que costumo usar é ouvir a versão áudio à velocidade mais rápida que consigo perceber o que está a ser dito (geralmente a 1.5x-2x a velocidade normal) e ao mesmo tempo ler o livro. Quando inicialmente me falaram disto achei que não ia perceber nada, mas a verdade é que resulta. À custa disto é possível ler e resumir livros de 300-400 páginas (não-técnicos claro, mas ainda assim de não-ficção) em 2 dias. Antes demorava 1 semana :).

Finalmente, se não têm tempo para ler os livros todos, e compreendo perfeitamente quem não o tem, eu próprio tenho resumido vários desses livros com focus em extrair a informação importante e os usos práticos dessa informação no www.whyisthat.net. Não há muitos em português porque dá algum trabalho traduzir e eu estou mais focado em ler / resumir (e aplicar à minha vida) do que propriamente traduzir.

Som ambiente

Vídeos de matemática - Patrick JMT

Videos do professor jovem doutorado em matemática Patrick JMT - melhor fonte qe já encontrei com explicações qe mostram como a matemática pode ser simples de aprender. Exemplo, explicação da integração por substituição:

MIT online

Aulas do MIT online em formas de vídeo - exemplo: Análise Matemática, cálculos de uma variável

Da mesma maneira também a universidade de Yale tem vários videos na internet (em inglês) grátis com bastante conteúdo de engenharia mecânica.

Motivação

Sketch de um filme motivacional que tenho andado a fazer. Dos 0:00 até 13:00 fala Arnold Schwarzenegger, Eric Thomas, Will Smith, Elon Musk, Steve Jobs, Conan O'Brien, J.K. Rowling. É a parte mais normal dos vídeos motivacionais, relacionada com atingir sucesso. A parte dos 13:00-16:00 vai ser para por pessoas conhecidas que falharam, mas acabaram por ter sucesso, e.g. Darwin, Richard Branson, Henry Ford, ... Dos 16:00 é para imaginares que estás na situação do velhote, às portas da morte, com a vida toda para trás, as escolhas tornadas pedra, a vida no fim. Fecha os olhos e imagina mesmo isso. Depois abre. Voltaste ao presente. Ainda és jovem. Não é bom? O futuro está à frente, o mundo por explorar, as escolhas por fazer. Aproveita. A parte da cegonha não sei se vou mante mas a razão é a frase que aparece no fim. A parte final, narrada pelo Richard Dawkins, é para ajudar a dar valor à nossa vida.

O vídeo que ouvi várias vezes quando precisava de um boost de força de vontade durante o curso. A parte de subir a montanha é a que parece que mais representa o caminho que temos de percorrer se queremos ter sucesso. Muitas vezes era essa a sensação que acompanhava o estudo :).


Outros links

Saúde

A saúde é uma parte da vida essencial a manter enquanto se estuda (e na vida toda enquanto possível...). Como prevenir é melhor que remediar, as melhores prevenções passam pela alimentação, pelo exercício e por uma mentalidade apropriada.

Relativamente à alimentação ainda não há consenso sobre exatamente o tipo de alimentos que se devem comer, mas as tendências têm vindo a apontar para uma dieta baseada em vegetais, carne/peixe/ovos vindos de animais alimentados com a comida que comeriam na natureza bem como (mais discutido) grãos não refinados tal como se pode ver no guia de nutrição saudável, pela U. Harvard. Este é outro guia interessante e este é um site onde se analizam e organizam os estudos sobre suplementos nutricionais.

O mais perto que neste temos a uma pílula mágica para melhoria da saúde é o exercício. Juntamente com o cuidado na alimentação, reduz a probabilidade de morrer de todas as causas, desde que com moderação. Um dos autores deste estudo deu uma palestra sobre o assunto, para os interessados. O exercício envolve não só a parte física mas também a mental, visto que traz vários benefícios a esse nível, como por exemplo, ser das maneiras mais eficazes de sair de uma depressão. Em termos de guias de exercício, recomendo este pela sua simplicidade. Mas e então, será que o tempo perdido a fazer exercício compensa aquilo qe ganhamos em tempo de vida? Segundo as pesquisas recentes e os meus cálculos, sim. Cerca de 2-3 anos extra. Também uma sesta tem as suas vantagens.

Finalmente a atitude, possivelmente a mais difícil de alterar, mas que devido à ligação corpo-mente, possui também elevada importância na saúde. Reduzir o stress diário é um exemplo de uma ação que leva a uma melhoria da saúde. Um tipo muito famoso de técnica de relaxamento é a Mindfulness Stress Based Reduction, da qual o John Kabat-Zin bem como o Bob Stahl são duas grandes autoridades na matéria. Também recomendo o o thankyouformeditating.com. Este método basicamente consiste em focar-se nas sensações exteriores (audição e tacto) enquanto se respira controladamente, utilizando respiração diafragmática.

Existem ainda estudos, como este, que mostram que trabalhadores felizes são mais produtivos que trabalhadores infelizes. Se feliz! Mas como? A receita não sei, mas sei que há cada vez mais estudos que vão dando pistas. Aqui fica uma resma deles.

Um livro que engloba todos estes fatores, que recomendo bastante pelo seu caráter científico e prático, escrito por um médico francês que passou por cancro, David Servan-Schreiber, e que já perdi a conta ao número de vezes que reli, é o Anti-Cancro.